sexta-feira, 27 de julho de 2012

Gabrielle Andersen-Schiess e o Espírito Olímpico

Nos Jogos Olímpicos 1984 realizado em Los Angeles, durante a maratona feminina, ganha pela norte-americana Joan Benoit, Gabrielle, completamente desidratada e desorientada pelo esforço no calor, além de estar com uma forte cãibra na perna esquerda, cambaleou nos últimos 200 metros da maratona levando 10 minutos para completá-los até cair desacordada nos braços dos médicos sobre a linha de chegada. Após a prova ela disse aos jornalistas que queria terminar o percurso pois aquela talvez fosse sua única oportunidade olímpica devido aos seus trinta e nove anos. Ela chegou apenas na 37º colocação entre 44 corredoras, mas foi mais aplaudida que a medalhista de ouro Joan Benoit.

O fato é considerado, até hoje, um dos maiores exemplos de perseverança, gana e espírito olímpico.




Texto: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Outras Postagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...